sexta-feira, dezembro 08, 2006

RAP do MIEIC

Vou colocar aqui a letra de um RAP feito por um caloiro da FEUP, sobre o Mestrado Integrado em Engenharia Informática e de Computação! Está com altos níveis de geekness mas está muito bom!=) Podem ver a música aqui: http://rap-mieic.pt.vu/ !=) Vale mesmo a pena!

"Ah! Yo!

É o RAP do MIEIC!

Hey ó mano, faz aí o string-append!

AHAH!

-----
(refrao 2)

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.
----

Faço freestyle no unix,
uso a 24 da clix,
já fiz robots e sondas
e overclock ao microondas.

Deixo a minha roupa numa stack
e organizo-a com um map,
Comparadores de 1 bit,
são graffitis na minha street.

sei que doi um bocado
mas tás bué desactualizado
eu estou noutro nível,
o meu source é incompativel.

Yo mano, tás com stress?
perdido boy, esquece,
em scheme faz list-ref,
senão arranca um BFS.

Amadurece, permanece,
em ciclo infinito,
incrementa o i um quito,
faz um código bonito.

Basta compilar as tuas ideias,
quanto tempo é que espero?
um ping ao teu cérebro
só me dá... return 0.

Grava o cd cu Nero,
recursividade é que eu quero,
gestão manual da memória,
faz parte da minha história.

Montei o pc por vício
desde a placa de silicio
só irei preso um dia
se for por mail o ofício.

O meu gang é-me leal,
integridade referencial.
não divulgam a pass,
são objectos de 1ª classe.

----
(refrao 2)

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.
----

Não trabalho na tua empresa,
só aceito cheques em binário,
prás tuas defesas sou matador,
chama-me Super Mário.

Sou demasiado poderoso,
posso desligar todá Internet,
Só com um ataque meu,
deito abaixo todú ISEP.

Nos concursos de programação
não acompanhas o ritmo,
eu termino em 5 minutos,
tu não arranjas um algoritmo.

Tenho ofertas milionárias,
que vou guardando em cache,
mas antes de fazer store
verifico sempre a hash.
Rollo em servidor Apache,
envio-te para o trash.

Embora eu ache que sim,
retorno void à questão,
guardo a decisão pra mim,
não sou uma simples função.

Inteligência Artificial,
programei todo o mundo,
na minha matrix perfeita,
já estou à frente um segundo.

viajo no tempo à vontade,
desafio as leis da mecânica
crio o futuro usando o passado,
com programação dinâmica.

sou guna virtual,
profissional em todos aspectos,
tendência natural,
mãos orientadas a objectos.

Não tenho limite superior,
tou no pc a cada momento,
cozinho em cima do processador
bebo líquido de arrefecimento.


/* Ó mano não tens aí um objecto que me orientes?
Objecto não pah... Procedimento Serve? */


Queres saber as diferenças
eu faço-te um breve retrato
Vocês dizem yo,
eu digo IEEE... 754.

entrámos na FEUP,
com altas em vez de médias.
uns chamam-nos dicionários,
mas somos é wikipédias.

Ao contrário de todos vós
em autocarros transportados,
o único bus em que viajo
chama-se barramento de dados.

esse tipo de diálogo
é óbvio não te favorece,
eu comunico telepaticamente
via ligação wireless.

Um confronto entre nós
seria combate desigual,
passo por cima de ti
com salto incondicional.

Sou sultão tecnológico
lógico soberano do som,
não leio sinal analógico,
digital em tal situação.

Pratico muito desporto,
sempre com robots e futebol,
mas quando ganho não me rio
apenas solto um breve lol.

Estes alunos do mieic
são tipo o kernel do Porto,
sem nós não havia Clérigos
e o Douro corria torto.


// We are the center of this town!

------
(refrao 3)

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.

(delay)

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.

Chegou o Rap do MIEIC,
Não há Control Alt Delete
Invadimos os teus circuitos
como kevin mitnick.
Não há firewall que nos aguente,
nem antivirus que não rebente,
sei quicksort, bubblesort,
e todos de trás para a frente.
-----

//Manda aí propz então para todas as máquinas de guerra do MIEIC"


Feito por André Pinto - 2006/11/28


2 comentários:

Anónimo disse...

parabens .. muito bom mesmo. Está no meu blog: http://weblogs.pontonetpt.com/esqueleto/

Paulo Aboim Pinto

weevil disse...

por favor............
outra vez nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao!!!! :|
foi uma das milhentas companhias numa noitada em JCC, mas... CHEGA! :|