sábado, junho 24, 2006

São João - Tipos de marteladores

Quem já foi ao São João já deve ter reparado que há gente que não bate bem, literalmente. Há pessoas que quando vão dar marteladas têem atitudes diferentes do normal. Acho que é urgente definir diferentes categorias de "folião" e julgo que as pessoas deviam andar identificadas com a sua categoria, para se saber o que nos espera quando nos deparamos cara a cara com cada pessoa.

Venho então propor os que, a meu ver, são os diferentes tipos de folião, no que toca ao manuseamento e à interacção com os martelos de São João:

- Normalzinho: Dá marteladas e recebe marteladas a torto e a direito e anda feliz com isso;

- Mirolhos: Vão a dar uma martelada só que não devem ver muito bem e então acertam com o cabo na cabeça das pessoas;

- Baixinhos: Estes não têem culpa e até andam identificados, são aquelas pessoas em quem se martela só que depois nos temos que baixar para poderem retribuir, na sua maioria são crianças;

- Marteladores "heterosexuais": Só acertam em elementos do sexo oposto;

- Rabugentos: Estes não dão marteladas a ninguém mas também ainda não perceberam que, se não gostam de levar marteladas, não é boa ideia sair à rua em noite de São João;

- Pseudo-assassinos: Fazem das marteladas ponto de honra e quando dão uma martelada dão com toda a força, normalmente estes arriscam-se a provocar cenas de porrada quando acertam com força excessiva nas outras pessoas, ou em gunas;

- Orgulhosos: Não ficam nada bem com eles próprios enquanto não martelarem em toda a gente que lhes martelou e sempre tentando martelar em maior número, é chato para eles porque às vezes isso obriga-os a correr quilómetros, principalmente quando são martelados por aqueles grupos enormes que passam a correr;

- Os do alho porro: Se calhar ainda não perceberam que aquilo só é bom na comida... mas já dizia o outro "no dos outros é refresco, não faz mal";

- Fetichistas: Aqueles que não martelam na cabeça mas sim em outras partes do corpo, cada um dos fetichistas tem o seu próprio fetiche martelador.

E pronto, não me lembro de mais nenhuma categoria... se discordarem mandem carta registada para minha casa!

PS: Será que quando esta tradição nasceu os martelos eram martelos a sério? Se assim fosse presumo que não se dessem tantas marteladas e que vigorasse a lei do mais rápido...devia ser "martelar ou morrer!"...

2 comentários:

_Moon_ disse...

obrigado Palhç.....Simao....ja me ri hj às tuas custas=P

Gokuu disse...

Há outro tipo, que é o gajo que não gosta de levar marteladas porque estraga o cabelo...

Passou por nós este S. João, um puto que não tinha mais de 16, que passava a vida com as mãos na cabeça, a berrar "Cuidado com o cabelo!"...

Há cada cromo...