sábado, abril 08, 2006

O Cargueiro

Hoje estava todo contente a remar com o Edgar e de repente quando olho para trás vejo um cargueiro, que apareceu do nada (bem, não foi do nada... porque era um cargueiro grande demais para aparecer do nada, mas juro que aquilo se camuflava e se confundia na paisagem, já que a base era azul escura e só tinha aquela "casota" no meio, que era branca...), e nós quase que o abalroávamos, felizmente conseguimos desviar-nos a tempo, porque se aquilo se afundava ali provavelmente inundava a ribeira.


PS: Também tivemos um pouco de sorte, porque ele estava com os motores desligados, nem quero imaginar as ondas que aquilo não faria com os motores a bombar...

PS2: Eu nem sabia que aqueles barcos cabiam no rio!!

3 comentários:

Pedro disse...

Vais remar para o Douro ? Que fixe, também quero :O

Quando ia passear para a ribeira costumava ficar completamente colado nos gajos a remar no Douro, principalmente quando aquilo virava (foram poucas as vezes, mas das poucas em que aconteceu foi um espetáculo interessante)

SimNão disse...

Acho que até tu consegues ir remar!;)

Ainda não virei o barco (pelo menos um barco daqueles:P)... mas hoje estava um calorzito que me fez pensar nisso:P Concerteza que no Verão vai ser complicado resistir... o rio não eh muito limpo, mas nao eh totalmente imundo, nalgumas partes está só sujo!:P

patachoca disse...

hmmm e tu quem es? =| a patachoca do lj..