quarta-feira, julho 19, 2006

A máquina do Suor

"As glândulas sudoríparas dos mamíferos são glândulas que produzem o suor, função importante para regular a temperatura do corpo e eliminar substâncias tóxicas. São glândulas tubulares enroladas derivadas das camadas exteriores da pele mas se extendendo até a camada interna. Elas estão distribuidas por quase toda superfície do corpo em humanos e várias outras espécies, mas não são encontradas em algumas espécies marinhas e que vestem pele.

As secreções de glândulas sudoríparas variam muito. Em humanos, existem dois tipo de glândulas sudoríparas:

* Glândulas sudoríparas ecrinas, que são distribuídas por toda a superfície do corpo. Elas produzem suor que é composto em sua maior parte de água com vários sais. Essas glândulas são usadas para a regulação da temperatura do corpo.
* Glândulas sudoríparas apócrinas, que produzem o sucor que contém materiais gordurosos. Essas glândulas estão principalmente presentes nas axilas e em volta da área genital e sua atividade é a principal causa do odor do suor, devido aos fungos que quebram os compostos orgânicos no suor dessas glândulas. O estresse emocional aumenta a produção de suor das glândulas apócrinas, ou mais precisamente: o suor já presente no túbulo é empurrado para fora. As glândulas sudoríparas apócrinas servem basicamente como glândulas de cheiro.

O suor humano é composto primariamente de água, com diversos sais e compostos orgânicos em solução. Ele contém quantidades mínimas de materiais gordurosos, uréia e outras excreções. O suor de outras espécies normalmente difere do humano em sua composição.

Em algumas áreas do corpo, as glândulas sudoríparas são modificadas para produzir secreções, incluindo a cera de ouvido. Outros são bastante alargadas, e modificadas para produzir leite."

In Wikipedia



Se alguém precisar de suor eu tenho para vender.

1 comentário:

Anónimo disse...

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»