quinta-feira, junho 16, 2005

Defeito

Com o nascimento da SIC Comédia assisti pela primeira vez ao, mais que famoso, programa do Jay Leno (Tonight Show with Jay Leno) e ao programa, que eu nem sabia que existia, do Conan O'Brien (Late Night with Conan O'Brien). Apesar de cada um dos apresentadores ter o seu estilo próprio, gosto muito de ambos os programas e acho que têm momentos de grande humor e alguns de boa crítica à sociedade americana. O do Conan é mais levado para a loucura, uma forte característica do apresentador, e o do Jay é mais sóbrio, mas são ambos muito bons!

Só que ambos os apresentadores, ou os programas, têm um defeito que me enerva sobre maneira! Em todos os programas no fim do monólogo inicial (dedicado a contar umas piadas) os apresentadores referem quem vai estar no programa e vão salpicando essa apresentação com expressões como what a great show we have tonight, today the show is very good, we have terrific guests tonight, etc... eu até percebo que possa ser verdade, mas o facto de eles em todos os programas utilizarem, pelo menos, uma dessas expressões mais do que muitas vezes chateia-me. Se os programas são sempre espectaculares não precisavam de dizer sempre, as pessoas depois do primeiro, que assistissem, já saberiam.

E ao dizerem que o programa é sempre fantástico é a mesma coisa que dizer que o programa é sempre banal, se não há variação...digo eu.

Simão

PS: Eu o Manel e o João Pedro quando estivemos nos Estados Unidos da América, mais precisamente em Nova Iorque, encontramos o Jay Leno na rua. Quer dizer, encontramos uma multidão na rua e aproximamo-nos para ver o que se passava e era o Jay Leno a entrar num alto jipe... na altura eu só sabia mesmo o nome dele, não conhecia o programa...cagámos para o senhor e continuamos o nosso caminho...sem histerias!=P

10 comentários:

Juari disse...

Sem 'esterias'. Ora aí está uma palavra muito boa. Inventaram na altura foi? :P

Tanta coisa só para dizer que foste aos States?

Gokuu disse...

Acho que esterias deve ser uma palavra americana...

Isto tendo em conta que os Americanos são burros "comó cara***" e nem a língua deles sabem... Mas pera lá, pelos vistos o Simão também não sabe... =P

Juari disse...

"ser americano" <=> "não saber a língua nativa"

"ser americano" <=> "burro como o cara***"

"simão" <=> "não saber língua nativa"

logo,

"simão" <=> ihihi

SimNão disse...

Obrigado pelo reparo.
Já corrigi o erro.

Ao contrário do que possas pensar, Miguel, eu não escrevo posts para me gabar, a menos que o diga...e se quisesse tava à vontade porque o blog é meu=)...

Simão

PS: Sim fui aos EUA sozinho com uns amigos e foi espectacular=) todos deviam experimentar...se tiverem essa sorte=P (ves aqui estou a gabar-me...) =)

Juari disse...

Uhh que ele ficou todo ofendidinho. Já não se pode pegar contigo? :P

morpheus disse...

devido ao adiantar da hora, só me apetece dizer uma estupidez qualquer do género: o Jay Leno abafa palhinhas.

Tenho dito.

SimNão disse...

Monstro: quando eu estou em profunda crise de estudos NÃO :P...so mediante aprovação por Diário da República.

Simão, o ofendido :P

Juari disse...

Por falar em estudos, acho que foi desta que deixei AM2 feita. :D Viva a escolha múltipla!

SimNão disse...

Boa! Parabéns!=)

Simão

Cláudio Alves disse...

Ena.. também posso falar dos meus exames aqui?.. Por falar em histerias, eu não queria experimentar ir aos EUA tão cedo.. não enquanto puder ser preso só por eles não irem com a minha cara... Ah, e pois claro, porque não sou tenho dinehiro em excedência. ... :) Mas, Simão, obrigado pela recomendação-sugestão-e-não-convite.
Os meus cumprimentos.