quarta-feira, junho 15, 2005

Intolerância ignorante

Como concordo com o Cláudio, no seu post sobre dois sites opostos mas que no fundo defendem as mesmas ideias, apenas diferentes por acaso da genética, venho também aqui demonstrar o meu repúdio por estes dois blogs:

- Intolerância
- Irmandade Negra

Para tal vou citar uma música escrita por Gabriel o Pensador chamada Lavagem Cerebral, que faz parte do seu primeiro álbum, que apesar de ser direccionada para o Brasil tem verdades universais:

Racismo preconceito e discriminação em geral
É uma burrice coletiva sem explicação
Afinal que justificativa você me dá para um povo que precisa de união
(...)
Você aprendeu que o preto é ladrão
Muitos negros roubam mas muitos são roubados
E cuidado com esse branco aí parado do seu lado
Porque se ele passa fome
Sabe como é:
Ele rouba e mata um homem
Seja você ou seja o Pelé
Você e o Pelé morreriam igual
Então que morra o preconceito e viva a união racial
Quero ver essa musica você aprender e fazer
A lavagem cerebral

O racismo é burrice mas o mais burro não é o racista
É o que pensa que o racismo não existe
O pior cego é o que não quer ver
E o racismo está dentro de você
Porque o racista na verdade é um tremendo babaca
Que assimila os preconceitos porque tem cabeça fraca
E desde sempre não para pra pensar
Nos conceitos que a sociedade insiste em lhe ensinar
E de pai pra filho o racismo passa
Em forma de piadas que teriam bem mais graça
Se não fossem o retrato da nossa ignorância
Transmitindo a discriminação desde a infância
E o que as crianças aprendem brincando
É nada mais nada menos do que a estupidez se propagando
Qualquer tipo de racismo não se justifica
Ninguém explica
Precisamos da lavagem cerebral pra acabar com esse lixo que é uma herança cultural
Todo mundo é racista mas não sabe a razão
Então eu digo meu irmão
Seja do povão ou da "elite"
Não participe
Pois como eu já disse racismo é burrice
(...)
E se você é mais um burro
Não me leve a mal
É hora de fazer uma lavagem cerebral
Mas isso é compromisso seu
Eu nem vou me meter
Quem vai lavar a sua mente não sou eu
É você

Gabriel o Pensador


Simão

4 comentários:

morpheus disse...

Os anti-racistas também são preconceituosos e estereotipados. São como os racistas só que com as ideias contrárias. Também são burros como os racistas. Não conseguem discernir entre humor e racismo, entre ódio e elevação espiritual de quem nem sequer pensa em ser racista por ser quase uma condição sine qua non de indivíduos que "sim senhor, e tal".

nota: o post não se enquadra no que eu acabei de dizer.

neelus disse...

o que tu kerers é bolicau e bacalhau com natas!!!!

weevil disse...

Btw, check out Thoughts And Ideas (http://fofish.blogspot.com). A Blu fez um post sobre a Make Poverty History e a One.
São assuntos diferentes, mas ligados.

(E tem a ver com o meu trabalho de AM.)

**

SMS - Seita dos Multimédicos Suicidas x)

joao disse...

a melhor coisa a fazer era nem visitar os blogs deles... O resto está na cabeça de cada um... Minhocas ou merda, não sei muito bem... Abraço